Fundo de apoio a pequenos projetos

A I Chamada para projetos de Organizações Afro-Brasileiras da Sociedade Civil foi lançada em 2014 e teve como objetivo apoiar por 12 meses, 22 organizações pequenas e médias da sociedade civil (OSCs) afro-brasileiras de todo o país na implementação de projetos que visassem ampliar a promoção da Equidade Racial. Foram recebidos 194 projetos de todo o país e das 22 organizações selecionadas, 13 são da região nordeste.

Esse edital teve apoio da Fundação Kellogg e da Fundação Ford.


Projeto  “Reconhecendo e Demarcando Território e Promovendo a Cidadania”

Organização Parceira: AACADE – Associação de Apoio aos Assentamentos e Comunidades Afrodescendentes
Local: João Pessoa – Paraíba        
Duração:
Janeiro 2015 – Junho de 2016
Objetivos:
– Promover e realizar ações de formação que permitam às comunidades e suas lideranças de se apropriarem dos instrumentos de implementação das políticas públicas;
– Promover o protagonismo e a autonomia das comunidades e suas lideranças por meio do exercício concreto da cidadania nas suas várias instâncias.


Projeto  “Lavadeiras em ação: geração de renda em Lauro de Freitas”

Organização Parceira: Associação das Lavadeiras de Lauro de Freitas
Local: Lauro de Freitas – Bahia         
Duração:
Janeiro a dezembro de 2015
Objetivos:
– Aumentar a produção da Associação, ampliando a comercialização e a geração de renda;
– Melhorar a vida das lavadeiras e a de sua família;
– Desenvolver a comunidade.


Projeto  “Nós, Povos Quilombolas no Amapá: pela efetivação de direitos étnico-territoriais”

Organização Parceira: AJOMPROM – Associação de Jovens, Moradores e Produtores Rurais de Santa Luzia do Maruanum
Local: Macapá – Amapá        
Duração:
Janeiro de 2015 – Junho de 2016
Objetivos:
– Fomentar o “empoderamento” político-cultural das comunidades negro-quilombolas no estado do Amapá;
– Realizar oficinas temáticas e formações inter geracionais que visem a defesa e a efetivação dos direitos étnico-territoriais quilombolas.


Projeto  “Montagem da obra de 40 minutos intitulada Nascimento”

Organização Parceira: Associação Terreiro Contemporâneo de Arte e Cultura
Local: Rio de janeiro- RJ        
Duração:
Janeiro a dezembro de 2015
Objetivos:
– Apoiar a Lei 10.639;
– Levar para as escolas públicas um espetáculo artístico-educacional que gere um debate com alunos e professores sobre o tema abordado e sobre a falta de informações das questões da cultura negra;
– Atingir outro público específico com apresentações em Terreiros de Religiões de Matriz Africana.


Projeto “Valorização e inserção de jovens nos processos organizacionais e produtivos do mercado de trabalho a partir dos princípios da economia solidária”

Organização Parceira: Centro de Formação para a Cidadania AKONI
Local: São Luiz – Maranhão         
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Promover a valorização e a inserção das jovens nos processos organizativos e produtivos do mercado de trabalho, a partir dos princípios da Economia Solidária;
– Estimular o desenvolvimento socioeconômico sustentável.


Projeto  “Bancada de Arrambã no Gumé do Querebentã – Saúde no Terreiro”

Organização Parceira: Federação de Cultura Negra do Vale do Itapecuru Mirim
Local: Itapecuru Mirim – Maranhão   
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Possibilitar, direta e indiretamente, a melhoria do nível de conhecimento de 560 mulheres jovens e trabalhadores(as) rurais, durante 12 meses;
– Disponibilizar informações e habilidades dos antepassados na área de saúde e educação alimentar e nutricional, que estão guardadas nos “gumés” de cultos afro-maranhenses.


Projeto  “Colóquios sobre estratégias de enfrentamento à insegurança alimentar das mulheres negras no Brasil”

Organização Parceira: REDESAN-Rede de Mulheres Negras para Segurança Alimentar e Nutricional
Local: Porto Alegre – Rio Grande do Sul    
Duração:
 2014
Objetivos:
– Realizar um encontro com segmentos representativos em nível nacional;
– Proporcionar a formação, a discussão e a troca de experiências sobre Segurança Alimentar e Nutricional da população negra;
– Fortalecer as ações da Rede para que instrumentalizem as mulheres negras nas ações e elas modifiquem as iniquidades de gênero e raça;
– Analisar, avaliar e monitorar efeitos das políticas públicas para mulheres negras.


Projeto  “Arte com Axé – Gerando Sustentabilidade para Homens e Mulheres Negras Produtoras de Artesanato Afro-brasileiro”

Organização Parceira: Sociedade Civil Religiosa Ilé Omolu Oxum
Local: São João de Meriti – Rio de Janeiro  
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Contribuir para a efetiva participação de homens e mulheres negras na vida econômica e nos processos de desenvolvimento;
– Ampliar os instrumentos de aprimoramento da produção do artesanato afro-brasileiro;
– Gerar sustentabilidade dos produtos artesanais;
– Valorizar e preservar as culturas afro-brasileiras, especialmente as desenvolvidas nas comunidades de terreiro.


Projeto  ” Memorial do Terreiro Filhos de Obá”

Organização Parceira: Sociedade de Culto Afro-Brasileiro Filhos de Obá
Local: Laranjeiras – Sergipe         
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Criar o memorial do Terreiro Filhos de Obá, constituído de documentação arquivista e museológica;
– Dar visibilidade à trajetória da cultura afro-brasileira no Estado de Sergipe, inclusive mantendo uma pessoa qualificada para acompanhar as visitas e administrar todo o acervo.


Projeto “Oxê: educação, justiça e cidadania”

Organização Parceira: Sociedade de Estudos Étnicos, Políticos, Sociais e Culturais OMOLAIYÉ
Local: Aracaju- Sergipe      
Duração:
Janeiro a dezembro de 2015
Objetivo:
– Criar possibilidades de intervenções nos casos de racismo, intolerância e discriminação contra as Comunidades Tradicionais de Religiões de Presença Africana no estado de Sergipe.


Projeto  “Gerando renda e autonomia para as mulheres do Território Quilombola de Conceição das Crioulas”

Organização Parceira: AQCC – Associação Quilombola de Conceição das Crioulas
Local: Salgueiro – Pernambuco     
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivo:
– Melhorar as condições socioeconômicas das mulheres quilombolas de Conceição das Crioulas.


Projeto  “Saúde da População Negra em foco”

Organização Parceira: ACMUN – Associação Cultural de Mulheres Negras
Local: Porto Alegre – Rio Grande do Sul      
Duração:
 2014
Objetivos:
– Ampliar a informação aos usuários do SUS sobre a existência de uma Política Nacional de Saúde Integral da População Negra;
– Contribuir para a implementação da PNSIPN na cidade de Porto Alegre.


Projeto  “Brincadeiras de Terreiro”

Organização Parceira: Centro Cultural Coco de Umbigada
Local: Recife – Pernambuco
Duração: Janeiro a dezembro de 2014
Objetivo:
– Realizar oficinas de produção cultural comunitária, compartilhando capacidades técnicas e políticas em quatro comunidades tradicionais de matriz africana na região metropolitana do Recife.


Projeto  “Fortalecimento da implementação da Lei 10.639 por meio de preparação dos educadores.”

Organização Parceira: CECUN – Centro de Estudos da Cultura Negra do Espírito Santo
Local: Vitória – Espírito Santo         
Duração:
Janeiro a dezembro de 2015
Objetivos:
– Formar e orientar, por meio de nove atividades regionais (seminários e minicursos), em torno de 500 educadores(as) das redes públicas municipais, estaduais e federais sobre:
*O Racismo e a Educação nos espaços institucionais e formativos brasileiros;
*A Lei 10.639/03 – das Diretrizes Curriculares para Educação das Relações Étnico-Raciais: desafios e perspectivas;
*Ferramentas e subsídios fundamentais: plano de trabalho; projeto pedagógico.


Projeto  “Curso de Capacitação de Políticas de Igualdade Racial para a Juventude Negra”

Organização Parceira: CMNEGRAS – Coletivo de Mulheres Negras do Mato Grosso do Sul Raimunda Luiza de Brito
Local: Campo Grande – Mato Grosso do Sul   
Duração:
 2015
Objetivos:
– Capacitar jovens negras e negros para atuarem na gestão de fomentação de políticas de ações afirmativas para a juventude negra, nas esferas públicas e privadas;
– Formar novas lideranças;
– Proporcionar uma visão integrada dos malefícios do racismo institucional e criar estratégias conjuntas para combatê-lo.


Projeto   “MULTIversidade Criola Online – Criação de Plataforma Virtual de Ensino e Aprendizagem”

Organização Parceira: Criola
Local: Rio de Janeiro – RJ        
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Contribuir para a:
*Qualificação de ativistas, profissionais e gestores de políticas públicas;
*Formulação de estratégias de incidência política e controle social;
*Gestão, monitoramento e avaliação de políticas públicas capazes de promover a igualdade racial e de gênero e o enfrentamento ao racismo patriarcal heteronormativo.


Projeto  “Mulheres Negras em Movimento”

Organização Parceira: GMNMA – Grupo de Mulheres Negras Mãe Andresa
Local: São Luiz – Maranhão       
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Contribuir para fortalecer o Movimento de Mulheres Negras no Estado do Maranhão, através da formação enquanto sujeitos políticos;
– Trazer à tona reivindicações e contradições resultantes da articulação das variáveis de raça/etnia, classe social, gênero, orientação sexual e idade/geração.


Projeto   Documentário “Mulher, Negra, Catadora e Adoção”

Organização Parceira: Grupo Ecológico e Cultural Tio Pac
Local: São Paulo – SP
Duração: Janeiro a dezembro de 2015
Objetivos:
– Produzir 2.000 DVD’s, exibir em 10 lugares e distribuir para escolas e cineclubes;
– Mostrar a concepção de família e de valores de 2 mulheres negras coletoras de resíduos sólidos que juntas somam mais de 1.000 pessoas assistidas e dezenas de adoções em cartório;
– Contrastar esta realidade com a das famílias de classe média que não tem filhos por não ter dinheiro e/ou não ajudam ninguém porque têm família para cuidar.


Projeto   “Ações Afirmativas para a Autonomia das Comunidades Quilombolas do Pajeú”

Organização Parceira: GMM – Grupo Mulher Maravilha
Local: Recife – Pernambuco        
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Realizar ações de fortalecimento institucional junto às associações quilombolas, com a sua regularização jurídica e formação em gestão democrática;
– Garantir os direitos humanos quilombolas numa perspectiva de gênero, raça e etnia.


Projeto   “Formando e Transformando: Empoderando Capoeiristas para a Promoção do Negro em Alagoas”

Organização Parceira: INEG/AL – Instituto de Negro de Alagoas
Local: Maceió – Alagoas        
Duração:
Janeiro a dezembro de 2015
Objetivos:
– Ofertar curso de formação política em Relações Raciais para 30 mestres, professores e instrutores de capoeira, para que os mesmos possam intervir de forma organizada – por meio de projetos – nas escolas onde atuam;
– Contribuir no processo de implementação do que preconiza a Lei 10.639/03;
– Contribuir para uma intervenção qualificada em outras instâncias, como o Conselho Estadual Para a Igualdade Racial de Alagoas (Conepir/AL).


Projeto  “Jovem Empreendedor Cultural”

Organização Parceira: Instituto Mídia Étnica
Local: Salvador – Bahia         
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivo:
– Capacitar 15 jovens de bairros periféricos de Salvador em comunicação, empreendedorismo, cultura e organização de eventos, para que os mesmos gerem renda fomentando projetos de entretenimento e cultura em suas comunidades.


Projeto  “Yalodês: Ampliando os Direitos de Jovens Negras em situação de vulnerabilidade e construindo novos caminhos através da apropriação de ferramentas da comunicação para circular na WEB”

Organização Parceira: ODARA – Instituto da Mulher Negra
Local: Salvador – Bahia       
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Capacitar jovens negras para se apropriarem das novas linguagens e tecnologias de comunicação;
– Habilitar o manuseio desses recursos a essas jovens, a fim de comunicar e difundir os conceitos, a visão política e as estratégias da comunidade e das organizações de mulheres negras, formando novas multiplicadoras.