Região Nordeste

Projeto  “Reconhecendo e Demarcando Território e Promovendo a Cidadania”

Organização Parceira: AACADE – Associação de Apoio aos Assentamentos e Comunidades Afrodescendentes
Local: João Pessoa – Paraíba        
Duração:
Janeiro 2015 – Junho de 2016
Objetivos:
– Promover e realizar ações de formação que permitam às comunidades e suas lideranças de se apropriarem dos instrumentos de implementação das políticas públicas;
– Promover o protagonismo e a autonomia das comunidades e suas lideranças por meio do exercício concreto da cidadania nas suas várias instâncias.


Projeto  “Lavadeiras em ação: geração de renda em Lauro de Freitas”

Organização Parceira: Associação das Lavadeiras de Lauro de Freitas
Local: Lauro de Freitas – Bahia         
Duração:
Janeiro a dezembro de 2015
Objetivos:
– Aumentar a produção da Associação, ampliando a comercialização e a geração de renda;
– Melhorar a vida das lavadeiras e a de sua família;
– Desenvolver a comunidade.


Projeto “Valorização e inserção de jovens nos processos organizacionais e produtivos do mercado de trabalho a partir dos princípios da economia solidária”

Organização Parceira: Centro de Formação para a Cidadania AKONI
Local: São Luiz – Maranhão         
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Promover a valorização e a inserção das jovens nos processos organizativos e produtivos do mercado de trabalho, a partir dos princípios da Economia Solidária;
– Estimular o desenvolvimento socioeconômico sustentável.


Projeto  “Bancada de Arrambã no Gumé do Querebentã – Saúde no Terreiro”

Organização Parceira: Federação de Cultura Negra do Vale do Itapecuru Mirim
Local: Itapecuru Mirim – Maranhão   
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Possibilitar, direta e indiretamente, a melhoria do nível de conhecimento de 560 mulheres jovens e trabalhadores(as) rurais, durante 12 meses;
– Disponibilizar informações e habilidades dos antepassados na área de saúde e educação alimentar e nutricional, que estão guardadas nos “gumés” de cultos afro-maranhenses.


Projeto  ” Memorial do Terreiro Filhos de Obá”

Organização Parceira: Sociedade de Culto Afro-Brasileiro Filhos de Obá
Local: Laranjeiras – Sergipe         
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Criar o memorial do Terreiro Filhos de Obá, constituído de documentação arquivista e museológica;
– Dar visibilidade à trajetória da cultura afro-brasileira no Estado de Sergipe, inclusive mantendo uma pessoa qualificada para acompanhar as visitas e administrar todo o acervo.


Projeto “Oxê: educação, justiça e cidadania”

Organização Parceira: Sociedade de Estudos Étnicos, Políticos, Sociais e Culturais OMOLAIYÉ
Local: Aracaju- Sergipe      
Duração:
Janeiro a dezembro de 2015
Objetivo:
– Criar possibilidades de intervenções nos casos de racismo, intolerância e discriminação contra as Comunidades Tradicionais de Religiões de Presença Africana no estado de Sergipe.


Projeto  “Gerando renda e autonomia para as mulheres do Território Quilombola de Conceição das Crioulas”

Organização Parceira: AQCC – Associação Quilombola de Conceição das Crioulas
Local: Salgueiro – Pernambuco     
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivo:
– Melhorar as condições socioeconômicas das mulheres quilombolas de Conceição das Crioulas.


Projeto  “Brincadeiras de Terreiro”

Organização Parceira: Centro Cultural Coco de Umbigada
Local: Recife – Pernambuco
Duração: Janeiro a dezembro de 2014
Objetivo:
– Realizar oficinas de produção cultural comunitária, compartilhando capacidades técnicas e políticas em quatro comunidades tradicionais de matriz africana na região metropolitana do Recife.


Projeto  “Mulheres Negras em Movimento”

Organização Parceira: GMNMA – Grupo de Mulheres Negras Mãe Andresa
Local: São Luiz – Maranhão       
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Contribuir para fortalecer o Movimento de Mulheres Negras no Estado do Maranhão, através da formação enquanto sujeitos políticos;
– Trazer à tona reivindicações e contradições resultantes da articulação das variáveis de raça/etnia, classe social, gênero, orientação sexual e idade/geração.


Projeto   “Ações Afirmativas para a Autonomia das Comunidades Quilombolas do Pajeú”

Organização Parceira: GMM – Grupo Mulher Maravilha
Local: Recife – Pernambuco        
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Realizar ações de fortalecimento institucional junto às associações quilombolas, com a sua regularização jurídica e formação em gestão democrática;
– Garantir os direitos humanos quilombolas numa perspectiva de gênero, raça e etnia.


Projeto   “Formando e Transformando: Empoderando Capoeiristas para a Promoção do Negro em Alagoas”

Organização Parceira: INEG/AL – Instituto de Negro de Alagoas
Local: Maceió – Alagoas        
Duração:
Janeiro a dezembro de 2015
Objetivos:
– Ofertar curso de formação política em Relações Raciais para 30 mestres, professores e instrutores de capoeira, para que os mesmos possam intervir de forma organizada – por meio de projetos – nas escolas onde atuam;
– Contribuir no processo de implementação do que preconiza a Lei 10.639/03;
– Contribuir para uma intervenção qualificada em outras instâncias, como o Conselho Estadual Para a Igualdade Racial de Alagoas (Conepir/AL).


Projeto  “Jovem Empreendedor Cultural”

Organização Parceira: Instituto Mídia Étnica
Local: Salvador – Bahia         
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivo:
– Capacitar 15 jovens de bairros periféricos de Salvador em comunicação, empreendedorismo, cultura e organização de eventos, para que os mesmos gerem renda fomentando projetos de entretenimento e cultura em suas comunidades.


Projeto  “Yalodês: Ampliando os Direitos de Jovens Negras em situação de vulnerabilidade e construindo novos caminhos através da apropriação de ferramentas da comunicação para circular na WEB”

Organização Parceira: ODARA – Instituto da Mulher Negra
Local: Salvador – Bahia       
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Capacitar jovens negras para se apropriarem das novas linguagens e tecnologias de comunicação;
– Habilitar o manuseio desses recursos a essas jovens, a fim de comunicar e difundir os conceitos, a visão política e as estratégias da comunidade e das organizações de mulheres negras, formando novas multiplicadoras.


Projeto   “Gestão para a equidade e lei 10.639”

Organização Parceira: Associação Grãos de Luz/ Associação Beneficente dos Pescadores do Remanso/Centro Educacional Renato Pereira Viana
Local: Lençóis – Bahia       
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivo:
– Promover o reconhecimento das desigualdades raciais na escola de ensino médio de Lençóis por meio de:
*Oficinas e espetáculos com 40 jovens artistas negros e negras de comunidades quilombolas e de periferia, que sensibilizarão 2.000 estudantes e educadores diante do tema;
*Assessoria ao protagonismo dos jovens negros e negras na elaboração de um plano de ação, de um quadro de indicadores e de uma comissão para gestão juvenil para monitoramento da implementação da Lei 10.639 na escola de ensino médio de Lençóis e o cumprimento do dever do Estado de garantir igualitariamente o direito de todos à educação.


Projeto  “Pérola Negra 2015”

Organização Parceira: Unidade Executora Marta Maria Giffoni de Sousa / EEEP Marta Maria Giffoni de Souza
Local: Acaraú – Ceará        
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Efetivar a Lei 10.639/03 na EEEP Marta Giffoni;
– Divulgar a capacidade de execução de ações cotidianas voltadas para a educação étnico-racial nas escolas da rede estadual de Acaraú – CE;
– Incentivar atividades educativas e culturais que fortaleçam a identidade da juventude negra na escola e em seus entornos, enfatizando-se atividades pedagógicas que culminem no Dia Nacional da Consciência Negra.


Projeto  “Jovem com orgulho em se afirmar negro”

Organização Parceira: Unidade Executora da Escola Deputado Joaquim de Figueiredo Correia / EEFM Deputado Joaquim de Figueiredo Correia
Local: Iracema – Ceará
Duração: Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Promover uma discussão séria e responsável sobre a atuação dos alunos afrodescendentes nos colegiados escolares na EEFM Deputado Joaquim de Figueiredo Correia e nos diversos setores da nossa Escola;
– Analisar os motivos pelos quais estes não estão na linha de frente dos projetos e demais espaços escolares;
– Buscar desenvolver atividades que despertem o orgulho de se afirmar negro;
– Fazer com que estes discentes assumam posições de liderança e protagonismo na instituição de ensino.


Projeto  “Valorização e Preservação da Cultura Africana a partir da escola.”

Organização Parceira: Caixa Escolar da Escola Estadual Sebastião Gomes de Oliveira / EE Sebastião Gomes de Oliveira
Local: Apodi – Rio Grande do Norte    
Duração
: Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Desenvolver ações formativas com o grupo gestor, professores(as) e alunos(as) acerca dos conhecimentos de origem africana e afro-brasileira presentes na comunidade de Melancias, município de Apodi/RN, com base no fortalecimento das etnociências;
– Dar suporte e contextualização às disciplinas de História, Física, Química, Biologia e Agroecologia;
– Resgatar os saberes presentes nas comunidades quilombolas da região.


Projeto   “12 camburões contra a barbárie”

Organização Parceira: Associação Artística Nóis de Teatro
Local: Fortaleza – Ceará   
Duração:
2016 – 2017
Objetivos:
– Expor a discussão sobre o aumento da violência pelos bairros da cidade;
– Falar sobre o genocídio da juventude negra;
– Buscar uma maior reflexão sobre a desmilitarização da polícia, política brasileira e a cultura negra.


Projeto  ” Cines Africanos Fazendo Milagres”

Organização Parceira:  Fazendo Milagres Cineclube
Local: Jaboatão dos Guararapes – Pernambuco 
Duração:
2016 – 2017
Objetivos:
– Construir um ciclo de formação para debater o cinema negro e afrodiaspórico;
– Refletir, compreender e problematizar o lugar do negro no cinema e no mundo;
-Estreitar os laços das relações Brasil – África através do cinema.


Projeto “Mulheres Negras do Campo”

Organização Parceira: Associação Comunitária do Assentamento Gurugi II
Local: Conde – Paraíba
Duração: 2016 – 2017
Objetivos:
– Auxiliar o aprimoramento das condições de produção e comercialização de produtos locais;
– Promover o protagonismo das mulheres negras como agentes de transformação social;
– Disseminar a cultura negra local, com foco no etnodesenvolvimento da região.


Projeto  “Costurando Cidadania e Renda”

Organização Parceira: AMAC/Associação de Mulheres do Assentamento Cajueiro
Local: Poço Redondo – Sergipe
Duração: 2016 – 2017
Objetivos:
– Fortalecer a mini-indústria gerenciada por mulheres com a instalação do maquinário novo;
– Aumentar a qualidade e a quantidade da produção;
– Incentivar a capacitação de mulheres e jovens inseridas nos empreendimentos de serigrafia,impressão, corte, costura e gestão.


Projeto  “Tecendo Sonhos”

Organização Parceira: AMP/Associação das Mulheres Pintadenses
Local: Pintadas – Bahia       
Duração:
2016 – 2017
Objetivos:
– Promover a inclusão social e econômica das mulheres em situações vulneráveis, garantindo a elas a igualdade de gênero nos negócios através da inserção socioprodutiva no ramo têxtil;
– Capacitar o grupo para aperfeiçoar o processo de confecção têxtil já existente, produzindo melhoras nas peças;
-Alcançar o desenvolvimento local sustentável.


Projeto “Mulheres de Águas de Salema”

Organização Parceira:  Centro Comunitário Beneficente dos Moradores de Salema
Local: Rio Tinto – Paraíba       
Duração:
2016 – 2017
Objetivos:
– Promover a qualificação e a inserção profissional de 30 mulheres empoderando-as cultural e economicamente;
– Realizar oficinas de sensibilização sobre gênero e consciência ecológica;
– Ofertar o planejamento participativo para produção têxtil, crochê e serigrafia.


Projeto “CosturArt”

Organização Parceira: Centro de Formação Padre Vigne
Local: Feira de Santana – Bahia   
Duração:
2016 – 2017
Objetivos:
– Promover cursos de qualificação para mulheres em situação de vulnerabilidade social, visando a autonomia financeira para geração de emprego e renda;
– Capacitar as beneficiárias para a interação com as empresas do segmento.


Projeto  “Protagonismo Negro: Embates no cotidiano escolar”

Organização Parceira:  INEG/AL Instituto do Negro de Alagoas em parceria com a Escola Estadual Deputado Rubens Canuto
Local: Maceió – Alagoas
Duração: 2016
Objetivos:
– Desenvolver ações de promoção de equidade e de respeito a diversidade étnico-racial na escola e na comunidade;
-Modificar o projeto político pedagógico da escola com a inclusão de referenciais negros;
– Incluir atividades culturais no calendário anual que oferte protagonismo a cultura negra e a questão racial.


Projeto  “Cacimba Potiguar”

Organização Parceira: Núcleo de Desenvolvimento Social – NDS em parceria com a Escola Estadual Myriam Coeli
Local: Natal – Rio Grande do Norte
Duração: 2016
Objetivos:
–  Usar a metodologia da educomunicação para a promoção de combate ao racismo e a discriminação na escola;
– Formar grupos de alunos multiplicadores instruídos em direitos humanos, relações étnico-raciais, respeito as relações de gênero e diversidade religiosa;
– Formar professores voltados a justiça restaurativa.


Projeto  “Negritude Fala mais Alto!”

Organização Parceira:  GMM/Grupo Mulher Maravilha em parceria com a Escola Dona Maria Teresa Correia
Local: Recife – Pernambuco
Duração: 2016
Objetivos:
– Incentivar o diálogo, a promoção da equidade e do respeito a diversidade entre a comunidade da escola, estimulando o protagonismo das(os) jovens envolvidas(os);
– Realizar uma oficina de rádiodifusão com 30 estudantes para transmissão do programa “Negritude fala mais alto!” na rádio comunitária;
– Formar professores e gestores para uma maior sensibilização em relações raciais e direitos humanos.


Projeto  “NAGILA – Nascido em uma jornada”

Organização Parceira: Instituto de Apoio ao Desenvolvimento e Inclusão Social – IADIS em parceria com EREM Presidente Costa e Silva
Local: Chã de Alegria – Pernambuco     
Duração:
2016
Objetivos:
– Desenvolver nas(os) alunas(os) senso crítico para reconhecer o racismo e a discriminação, seus efeitos na história do Brasil e a situação da população negra;
– Promover três cursos: Diagnóstico (sobre a história da(o) negra(o) no Brasil com uma perspectiva negra), formativo (tratar das lutas e conquistas do movimentos negros organizados) e atitudinal ( abordar questões de mercado de trabalho e inserção das(os) jovens negras(os), formando e estimulando ações empreendedoras).