Região Sudeste

Projeto  “Montagem da obra de 40 minutos intitulada Nascimento”

Organização Parceira: Associação Terreiro Contemporâneo de Arte e Cultura
Local: Rio de janeiro- RJ        
Duração:
Janeiro a dezembro de 2015
Objetivos:
– Apoiar a Lei 10.639;
– Levar para as escolas públicas um espetáculo artístico-educacional que gere um debate com alunos e professores sobre o tema abordado e sobre a falta de informações das questões da cultura negra;
– Atingir outro público específico com apresentações em Terreiros de Religiões de Matriz Africana.


Projeto  “Arte com Axé – Gerando Sustentabilidade para Homens e Mulheres Negras Produtoras de Artesanato Afro-brasileiro”

Organização Parceira: Sociedade Civil Religiosa Ilé Omolu Oxum
Local: São João de Meriti – Rio de Janeiro  
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Contribuir para a efetiva participação de homens e mulheres negras na vida econômica e nos processos de desenvolvimento;
– Ampliar os instrumentos de aprimoramento da produção do artesanato afro-brasileiro;
– Gerar sustentabilidade dos produtos artesanais;
– Valorizar e preservar as culturas afro-brasileiras, especialmente as desenvolvidas nas comunidades de terreiro.


Projeto  “Fortalecimento da implementação da Lei 10.639 por meio de preparação dos educadores.”

Organização Parceira: CECUN – Centro de Estudos da Cultura Negra do Espírito Santo
Local: Vitória – Espírito Santo         
Duração:
Janeiro a dezembro de 2015
Objetivos:
– Formar e orientar, por meio de nove atividades regionais (seminários e minicursos), em torno de 500 educadores(as) das redes públicas municipais, estaduais e federais sobre:
*O Racismo e a Educação nos espaços institucionais e formativos brasileiros;
*A Lei 10.639/03 – das Diretrizes Curriculares para Educação das Relações Étnico-Raciais: desafios e perspectivas;
*Ferramentas e subsídios fundamentais: plano de trabalho; projeto pedagógico.


Projeto   “MULTIversidade Criola Online – Criação de Plataforma Virtual de Ensino e Aprendizagem”

Organização Parceira: Criola
Local: Rio de Janeiro – RJ        
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Contribuir para a:
*Qualificação de ativistas, profissionais e gestores de políticas públicas;
*Formulação de estratégias de incidência política e controle social;
*Gestão, monitoramento e avaliação de políticas públicas capazes de promover a igualdade racial e de gênero e o enfrentamento ao racismo patriarcal heteronormativo.


Projeto   Documentário “Mulher, Negra, Catadora e Adoção”

Organização Parceira: Grupo Ecológico e Cultural Tio Pac
Local: São Paulo – SP
Duração: Janeiro a dezembro de 2015
Objetivos:
– Produzir 2.000 DVD’s, exibir em 10 lugares e distribuir para escolas e cineclubes;
– Mostrar a concepção de família e de valores de 2 mulheres negras coletoras de resíduos sólidos que juntas somam mais de 1.000 pessoas assistidas e dezenas de adoções em cartório;
– Contrastar esta realidade com a das famílias de classe média que não tem filhos por não ter dinheiro e/ou não ajudam ninguém porque têm família para cuidar.


Projeto   “Equidade”

Organização Parceira: Caixa Escolar Maurílio Ferreira Lopes/Escola Estadual Nair Mendes Moreira
Local: Contagem – Minas Gerais     
Duração:
Janeiro a dezembro de 2014
Objetivos:
– Atenuar a situação de desigualdade na proficiência e desempenho em português e matemática dos alunos de origem afrodescendente em relação aos demais;
– Construir caminhos que possibilitem a superação dessas desigualdades entre negros e brancos não só no ambiente escolar.


 Projeto  “Tá bom pra você?”

Organização Parceira: KBRA Produções Artísticas
Local: Rio de Janeiro – RJ 
Duração:
2016 – 2017
Objetivos:
– Incentivar a inserção no negro na publicidade;
– Contribuir para o direito a representatividade da população negra;
– Melhorar a qualidade técnica para as produções do projeto;
– aumentar a demanda de materiais educativos com esse tema nas escolas.


Projeto  “Crespinhos S/A”

Organização Parceira: Crespinhos S/A
Local: Rio de Janeiro – RJ     
Duração:
2016 – 2017
Objetivos:
– Ampliar a capacidade técnica doa produtora possibilitando o desenvolvimento de habilidades artísticas, comportamentais e culturais do seu elenco;
– Investir em equipamentos profissionais para a reposição da Crespinhos S/A no mercado publicitário;
– promover o encontro mensal com mais de 30 crianças e jovens negros para desenvolver seus talentos e inseri-los nos meios de comunicação.


Projeto “Fortalecimento da Rede de Afro empreendedores Culturais da Região Metropolitana de Belo Horizonte”

Organização Parceira: Associação Move Cultura
Local: Contagem – Minas Gerais
Duração: 2016 – 2017
Objetivos:
– Ampliar e fortalecer a Rede Colaborativa, protagonizada por jovens negras(os);
– Realizar a capacitação e elaboração de projetos nas áreas de Comunicação, Economia Criativa e Empreendedorismo.


Projeto   “Negr.A -Coletivo de negras Autoras”

Organização Parceira:  Associação Burlantins
Local: Belo Horizonte – Minas Gerais     
Duração:
2016 – 2017
Objetivos:
–  Ampliar a qualidade técnica, contando com a expertise de profissionais capacitados e sensíveis para a pluralidade técnica e poética da mulher negra contemporânea;
– Montar o espetáculo de mesmo nome na cidade de Belo Horizonte.


Projeto  “Jovem Afro – Antologia Literária”

Organização Parceira:  Bantu Cultural
Local: São Paulo – SP     
Duração:
2016 – 2017
Objetivos:
– Publicar uma antologia de jovens escritores negros e três livros infantis e anfanto-juvenis;
– Permitir a formação adequada de crianças negras leitoras, com conteúdos de representação positiva, que demonstram a diversidade racial brasileira;
– Estimular a criação literária de negras(os) autoras(es).


Projeto  “Das Pretas do UNIAFRO”

Organização Parceira:  AFDDP/Associação Franciscana de Defesa de Direitos e Formação Popular
Local: São Paulo – SP     
Duração:
2016 – 2017
Objetivos:
– A implantação do Núcleo de Educação Popular e Economia Solidária, envolvendo as mulheres na geração de trabalho e renda;
– Potencializar a capacidade de liderança e organização de 30 mulheres na área da serigrafia;
– Preparar essa mulheres para ingressar no mercado de trabalho através do processo de cooperativismo.


Projeto  ” Mulheres Sempre Vivas Tecendo Solidariedade”

Organização Parceira: ASPLANDE/Assessoria & Planejamento para o Desenvolvimento
Local: Rio de Janeiro – RJ
Duração: 2016 – 2017
Objetivos:
– Criação de uma linha de acessórios femininos, bolsas e bijuterias confeccionadas por 60 mulheres de baixa renda através da técnica de reciclagem;
– Valorizar o artesanato local, a cultura da periferia e economia solidária.


Projeto “Produção Agroecológica de algodão mulheres quilombolas tecendo autonomia”

Organização Parceira:  Associação Comunitária das Mulheres Quilombolas da Comunidade de Malhada Grande
Local: Catuti – Minas Gerais         
Duração:
2016 – 2017
Objetivos:
–  Qualificar a tecelagem e melhorar as condições de trabalho das mulheres quilombolas
– Adquirir e instalar um kit de irrigação para áreas de plantios diversificados, superando as dificuldades ocasionadas pelas secas prolongadas;
– Oferecer uma oficina de divulgação e comercialização dos produtos.


Projeto “UP cycling! Uso Diferente, Consumo Consciente”

Organização Parceira:  Instituto de Cultura e Consciência negra Nelson Mandela
Local: Rio de Janeiro – RJ
Duração: 2016 – 2017
Objetivos:
– Incentivar a ressocialização de 20 internas em regime semiaberto do Instituto penal Oscar Stenvenson, por meio de capacitação profissional;
– Confeccionar produtos sustentáveis e cíclicos no ramo de moda unissex;
– Produzir peças por meio de resíduos de tecidos com customização.


Projeto  “Despertando a Empreendedora”

Organização Parceira: Pró Rei Associação Comunidade Projeto para Reintegração de Vidas (Instituto Pró Rei)
Local: São Paulo – SP
Duração: 2016 – 2017
Objetivos:
– Gerar fontes de renda para mulheres negras e periféricas;
-Desenvolver as habilidades específicas dessas mulheres para empreender no segmento da moda.


Projeto  “Nós Afrotropical – Protagonismo de Mulheres Negras”

Organização Parceira: Martimar Planejamento Promoção Artística e Cultural LTDA ME
Local: Rio de Janeiro – RJ     
Duração:
2016 – 2017
Objetivos:
– Promover um editorial de moda produzido pelas alunas com distribuição local gratuita;
– Qualificar mulheres para visão empreendedora através do reaproveitamento do materiais descartáveis e o uso sustentável desses materiais.


Projeto  ” Re-Costura”

Organização Parceira:  Instituto Asta
Local: Rio de Janeiro – RJ
Duração: 2016 – 2017
Objetivos:
– Desenvolver peças feitas com resíduos que possuam alto valor agregado;
– Oferecer treinamento especializado para 2 grupos de costureiras formando uma rede de produção.


Projeto  “Revirando Memórias: com a palavra, jovens negras(os) e periféricas(os) de São Paulo”

Organização Parceira:  Escola Estadual Carmosina Monteiro Vianna
Local: São Paulo – SP
Duração: 2016
Objetivos:
– Visibilizar a discussão em torno da violência que incide sobre o jovem negro em rodas de conversa, produções de vídeo e reportagens, onde os jovens eram protagonistas;
– Propor ações de ampliação de debate entre a escola e a comunidade, visando o combate ao racismo e a promoção do respeito a diversidade racial.


Projeto  ” Um olhar para a consciência”

Organização Parceira:  CIEP 173 Rainha Nzinga de Angola
Local: Rio de Janeiro – RJ       
Duração:
2016
Objetivos:
– Estimular o debate sobre a redução da maioridade penal e as formas que a violência policial incide sobre os jovens da comunidade local;
– Realizar formações continuadas aos docentes sobre a implementação da Lei 10.639.


Projeto  “Meus cabelos enrolados me fazem refletir… (Narrativas sobre o racismo e o sexismo nas escolas a partir da estética do cabelo!)

Organização Parceira:  Criola em parceria com Instituto de Educação Carmela Dutra
Local: Rio de Janeiro – RJ
Duração: 2016
Objetivos:
– Promover o debate sobre racismo, sexismo, fobias LGBTs, estética e defesa de direitos;
– Realização de 28 oficinas de construção de narrativas pessoais e coletivas tendo como apoio e uso dos recursos multimídias, culminando com um festival multimídia aberto a comunidade;
– Envolver a equipe escolar e a comunidade tornando-os agentes conscientes de combate ao racismo e as demais formas de discriminação.


Projeto  “Autofalante: de quem é essa voz?”

Organização Parceira: Coletivo ComuOnã em parceria coma Escola Estadual Professora Esther Garcia
Local: São Paulo – SP     
Duração:
2016
Objetivos:
–  Refletir sobre as desigualdades enfrentadas pelas(os) jovens negras(os) na sociedade, como a mídia naturaliza essa violência e assim descortinar o discurso jornalístico hegemônico;
– Capacitar e instrumentalizar os alunos para produção dessa análise;
– Promover oficinas nas áreas de comunicação para reflexão sobre raça e gênero e representação dos negros nas mídias.