Fundo Baobá faz chamada para artigos que subsidiem a filantropia para promoção da equidade racial no Brasil no contexto pós-pandemia da Covid-19

O Fundo Baobá para Equidade Racial está lançando uma chamada para artigos inéditos que contribuam para aprimorar a ação de filantropia para equidade racial no Brasil pós-pandemia da Covid-19.  A iniciativa, que integra o projeto Consolidando Capacidades e Ampliando Fronteiras, realizado em parceria com a Fundação Ford, visa orientar as doações a serem realizadas pelo Fundo Baobá  com vistas a proporcionar impacto social fortalecendo a atuação de organizações e lideranças negras e, ao mesmo tempo, direcionar a captação. Serão selecionados até 20 artigos, que receberão um apoio de R$ 2,5 mil cada, e que serão reunidos em uma publicação bilíngue a ser lançada em 2021 – ano em que o Fundo Baobá completa uma década de atuação. 

Em 2018, o Fundo Baobá realizou um estudo para mapear, junto a organizações e lideranças do movimento negro brasileiro, temas urgentes e relevantes na atualidade. Em 2019, realizou novo estudo, este envolvendo apenas organizações, grupos e coletivos de mulheres negras, para mapear necessidades e expectativas relacionadas ao fortalecimento de capacidades. Os resultados obtidos foram utilizados para favorecer a tomada de decisões baseadas em evidências – uma das prioridades do Fundo Baobá para dirigir seus investimentos programáticos. Agora, esta chamada visa atualizar as informações em função dos impactos, ainda não totalmente conhecidos, da pandemia da Covid-19.

“Os números da Covid-19 não deixam dúvidas sobre quem são as principais vítimas: ao mesmo tempo em que a pandemia explicitou as consequências do racismo que permeia as estruturas sociais do Brasil, ela também acentuou as desigualdades que marcam nosso país”, destaca Selma Moreira, diretora-executiva do Fundo Baobá para Equidade Racial. “Com esta chamada, queremos entender esse novo cenário, que acentuou os problemas conhecidos e, agora, traz novos desafios para a promoção da equidade racial e da justiça social”, completa.

A chamada é aberta a especialistas, mestres e doutores com produção acadêmica concernentes às áreas priorizadas pelo Fundo Baobá para os seus investimentos programáticos: educação do ciclo básico à pós-graduação; população quilombola; juventude negra; racismo religioso; saúde da população negra e ciclo de vida; masculinidades negras; violência de gênero contra mulheres negras; violência de gênero contra lésbicas, gays, travestis, transsexuais, queers, intersex negrxs; violência racial: segurança cidadã; racismo ambiental; população negra, ciência e tecnologia; população negra e desenvolvimento econômico; população negra, comunicação e arte; população negra e memória.

As inscrições poderão ser realizadas de 06 de agosto a 12 de outubro de 2020, às 23h59, através deste link. A primeira etapa da seleção, que contará com o apoio de um grupo de pesquisadores com experiência comprovada na área e com título de doutor há pelo menos cinco anos para realizar análise crítica dos artigos, acontecerá de 26 de outubro a 10 de dezembro de 2020.  A lista final dos artigos que irão compor a publicação será divulgada no site do Fundo Baobá até o dia 22 de fevereiro de 2021. A publicação bilíngue deverá  ser lançada no primeiro semestre de 2021 em atividade específica em alusão aos 10 anos de fundação do Fundo Baobá para Equidade Racial.

No caso de dúvidas e para maiores informações, acesse aqui as principais perguntas e respostas sobre este edital.


Este é o quarto edital do Fundo Baobá no contexto da Covid-19. No início de abril, o fundo lançou um edital para doações emergenciais de até R$ 2,5 mil para ações de prevenção em comunidades e populações vulneráveis. No final deste mês, em parceria com o Desabafo Social, abriu edital para apoiar ideias e projetos com foco em pessoas em situação de risco em São Paulo e no Rio de Janeiro – iniciativa que, posteriormente, foi ampliada para todo o país. No início de julho, o Baobá, em parceria com a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, a Porticus América Latina e a Imaginable Futures,  lançou um edital com o objetivo de selecionar iniciativas de apoio a famílias que, em seu núcleo, tenham mulheres e adolescentes grávidas, mulheres que deram à luz, homens responsáveis e corresponsáveis pelo cuidado de crianças de 0 a 6 anos.

Uma resposta para “Fundo Baobá faz chamada para artigos que subsidiem a filantropia para promoção da equidade racial no Brasil no contexto pós-pandemia da Covid-19”

Os comentários estão desativados.